Picanha com Sal Grosso no Forno Elétrico

Oi pessoal. Hoje vamos aprender a fazer uma excelente picanha de sal grosso assada no forno elétrico com sabor de churrasco.

Depois de tantas notícias falando sobre a operação Carne Fraca da Polícia Federal, fiquei (Cláudio) com uma grande vontade de fazer um churrasco de picanha.
Mas como na nossa casa não tem churrasqueira ainda e não queria ir no restaurante, resolvi tentar fazer no Forno Elétrico. Então peguei uma receita na internet e encontrei uma que gostei e decidi arriscar.
O resultado é que ficou uma delícia, além de ser muito fácil de fazer. Vamos então à nossa receita de Picanha Assada com Sal Grosso no Forno Elétrico Fischer:

Ingredientes:

  • 1 peça inteira de picanha
  • 1/2 kg de sal grosso
  • 1 colher (sobremesa) de manteiga (usamos com sal mesmo)
  • 1 colher (chá) de azeite (opcional)
Modo de Fazer:
  • Preaqueça o Forno Elétrico a 280º, ligando as duas resistências, inferior e superior;
  • Prepara a picanha  fazendo cortes diagonais sobre a gordura para facilitar a penetração do tempero (sal grosso);
  • Em uma forma (que caiba a picanha inteira) despeje uma parte do sal, fazendo uma “cama” de sal grosso;
  • Coloque a picanha sobre essa camada de sal com a gordura voltada para cima;
  • Despeje o restante do sal sobre a picanha. Não é preciso tampar a picanha como em outras receitas. Pelo contrário, a gordura e a carne ficam aparentes, assim como em um churrasco.
  • Tampe a picanha com papel laminado e leve ao forno por cerca de 1 hora;
  • Após 1 hora, retire a picanha do forno e remova o papel laminado. Remova também o excesso de sal da gordura com um pincel e com esse mesmo pincel espalhe a manteiga sobre a gordura. Se quiser, aplique um fio de azeite de sua preferência para dar um sabor especial;
  • Leve ao forno sem o papel laminado para dourar, por cerca de 30 minutos;
  • Quando estiver dourado, está pronta para servir.
Rendimento: de 4 a 6 pessoas, dependendo do tamanho da peça.
O sabor da picanha fica muito parecido com o churrasco tradicional. A única diferença é que não tem aquela defumação natural do carvão, mas não senti falta.
A nossa picanha era grande e tinha bastante gordura e carne. Nesse tempo, a picanha ficou ao ponto, com as extremidades um pouco mais assado e o meio bem vermelhinho. Também ficou bem suculenta e úmida, não ficando seca mesmo sem precisar ficar regando o caldo durante o preparo.
Além disso fiquei impressionado como toda a carne ficou bem temperada. O sal penetrou bem na carne e não ficou com excesso. Mesmo usando a manteiga com sal, a carne não ficou salgada.
É uma receita muito fácil de preparar, mas leva um pouquinho de tempo para assar, cerca de uma hora e meia. Mesmo assim vale muito a pena fazer uma picanha com sal grosso no forno elétrico. Muito bom!
E você, o que achou? Gostou?
Comente, curte e compartilhe!
Comente, curta e compartilhe!

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a deixar um!

Deixe uma resposta

Note: Comments on the web site reflect the views of their respective authors, and not necessarily the views of this web portal. Members are requested to refrain from insults, swearing and vulgar expression. We reserve the right to delete any comment without notice or explanations.

Your email address will not be published. Required fields are signed with *

*
*